“Sempre que se termina um desafio destes sentimo-nos vivos, sentimo-nos bem!” – Rui Silva

“Sempre que se termina um desafio destes sentimo-nos vivos, sentimo-nos bem!” – Rui Silva

Rui Silva participou na primeira edição do Portugal Cross Country Interior Centro, descrevendo boas sensações ao longo desta viagem. 

Rui Silva praticava bastante bicicleta, mas só essa prática começou a ser-lhe insuficiente. Desde aí, despertou-lhe o interesse, e como forma de satisfação, começou a aventurar-se na corrida. Hoje, esta prática já o acompanha há 3 anos.
Até então, várias foram as conquistas superadas nesta modalidade e que o têm motivado a continuar para muito mais. Mas, a maior conquista para Rui é a possibilidade de praticar, agora, as várias modalidades de que tanto gosta.

O que o conduziu a participar no Portugal Cross Country Interior Centro foi “o desafio de correr uma distância tão grande e a possibilidade de o poder fazer por etapas”.

No final do desafio, Rui Silva, descreveu esta experiência como sendo fantástica, “pela distância e decorrer da prova, pelo contacto com novas pessoas, os atletas, os apoiantes, a organização (o pormenor de acampar em tendas e com a organização) ”.

E após três dias de prova, conseguir chegar à última etapa, ao final do percurso, Rui acrescentou “é uma sensação difícil de descrever, sempre que se termina um desafio destes sentimo-nos vivos, sentimo-nos bem! Ficamos a saber que o limite vai além do imaginável”.

By | 2018-07-06T15:18:49+00:00 Julho 6th, 2018|Sem categoria|0 Comments

About the Author:

Leave A Comment